quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Por isso que eu amo Angola e os angolanos

Vista aérea de Luanda, cidade para onde mando um abraço do tamanho do Brasil

Há três dias a minha vida profissional deu uma nova guinada e eu passei a dirigir o conteúdo jornalístico de um canal de televisão, meio de comunicação onde comecei a carreira, no século passado. Comuniquei a mudança por um e-mail a um círculo de amigos, incluindo angolanos, e hoje recebo esse e-mail transcrito abaixo, que fez escorrer uma lágrima solitária, tanto pelo desejo sincero de sucesso como pelo fato de que, há pouco mais de um ano, essa pessoa não tinha sequer conta de e-mail.

Força aí meu camba e sucessos! Estou contigo neste desafio.
Um abração no tamanho de Angola

PS: um abraço do tamanho de Angola é uma imagem poética das mais belas que possa haver, concordam? Mando um do tamanho do Brasil!

6 comentários:

m.Jo. disse...

Parabéns, X.
Mas não deixe o samba morrer, tá? Sem você esta Casa cai.
Bjks

fernando baião disse...

Eu sei que nunca mais vais esquecer Angola e os angolanos, são teus kambas de verdade, aproveita o teu canal e vai colocando umas dicas sobre o nosso lindo País.Felicidades no teu novo trabalho. Estamos juntos
kandandu mais forte que um imbondeiro

Ana disse...

oi!
estou escrevendo apenas para dizer que sou seguidora do seu blog... Sempre senti uma forte ligação a Luanda e apartir do seu blog consigo sempre ter uma visão diferente do que se passa por lá...
Obrigada e continue...

AM disse...

Ai X. Como nao lembrar dos seus comentários na selva de pedra? E do tamanho de Angola no coração de todos nós que por lá passamos. Hoje mesmo me lembrei quando vejo um ônibus a caminho do "Aeroporto"... Só me veio a Mutamba na cabeca e o som de "Aeroporto, Aeroporto"...

Abraços e sucessos...

kianda disse...

Concordo com a M.Jo, X sorte no novo canal, muitos sucessos nessa "nova" missão, mas por favor, não deixa o Samba morrer! Você virou alma desta casa :-D
Beijúuu

Cibele disse...

Olá, X! Sou brasileira e gostaria de saber como está o mercado para jornalistas em Luanda... Meu noivo está trabalhando aí e talvez me mude em 2010... Obrigada!