sábado, 20 de junho de 2009

O encontro

O telefone tocou no meio da tarde de inverno, daquelas bem iluminadas por um sol frio que só o sul tropical sabe fabricar em fins de junho. Do outro lado, o sotaque angolano era inconfundível, trazendo à lembrança aquele sol acanhado nas tardes do cacimbo de Luanda, a caminho de uma bica na Nilo dos Combatentes.

- F., estou cá em São Paulo, engarrafado num tráfego que mais me lembra o de Luanda, tás a ver?

Era Fernando Teixeira, o Baião, morador desta Casa, escritor angolano que melhor traduz a língua das cubatas de Luanda, pai do Pequeno Dicionário Angolano que tantos visitantes atrai para cá. Conhecíamo-nos apenas pela rede, graças a este blog, mas já nos unia há muito a solidariedade com que ele sempre defendeu este espaço dos ataques totalitários.

Marcamos encontro para a noite seguinte, jantar sob as árvores do Chácara Santa Cecília, em Pinheiros. Durante duas horas falamos de várias Angolas. A da infância do Baião, a dos primeiros anos de independência, aquela em que moramos eu e a P., a dos preços mais altos do mundo, onde toda esta história começou.

Muitas Angolas, uma única saudade a nos unir, a mim e ao Baião. E ao X., que a esta hora está já a se matar de invejas por não ter tido a chance de desfrutar deste momento. Principalmente depois que souber que, já não bastasse o prazer da visita, presenteou-me o Baião com três de seus livros, incluído aí o último, cujo lançamento foi aqui anunciado.

Fernando, bom retorno a Portugal e já sabes: nas tuas voltas a São Paulo, tens cá um amigo, ya.

Tamos juntos!

6 comentários:

fernando Baião disse...

Oi, amigos de peito a partir de agora, há muito que não passava uma noite tão agradavel, em S. Paulo, como aquela que passei com vocês,serão meus amigoas de peito. De treze a dezasete de Julho aí estarei de novo, e quero, desejo estar outra vez na vossa companhia tão bonita.Bjinho para a P. e tu, meu kamba, um kandandu muito forte.
P.S.=Manda a direção do X.mandarei para ele o meu último livro, swei que ele vai gostar

Menina de Angola disse...

Pronto... morri de inveja de novo.... :)

kianda disse...

Bigada ao casal que ainda não conheço pelo apoio ao FBaiao e pela lembrança que me foi entregue!!! Confirmo que ele adorou o jantar, o sitio e principalmente a conversa ;-)
Parece que só falto eu ...
Beijú!!!

F. disse...

Olá Kianda, faltou só você mesmo. O encontro foi muito porreiro. Vamos nos ver novamente no próximo. Beijos.

Fernando, te mandei a direção do X. pelo e-mail. Abraço forte.

Menina, venha a São Paulo em julho que você vai poder nos encontrar a todos. Beijos,

X disse...

Baião e todos que vivem na Tuga.
Na próxima quarta-feira começa no shopping Colombo, aí em Lisboa, a semana de Natal em Lisboa. Eu não estarei lá, mas se puderem visitar, será um prazer recebê-los, para vcs verem como o lugar onde vivo no Brasil é BONITO.
Um grande abraço, obrigado pelos livros, e em julho nos vemos em SP.

Cris disse...

Oi Priscila, boa noite. Trabalho na Editoria de Treinamento da Folha e estou em busca de todos os ex-trainees do jornal. Você é a Priscila da 25ª turma? Se sim, por favor, me envie um e-mail para cristina.castro@grupofolha.com.br, para eu explicar melhor do que se trata a rede de ex-trainees?
Muito obrigada e abraço,
Cristina Moreno de Castro
Editoria de Treinamento
Folha de S.Paulo