quarta-feira, 4 de março de 2009

O banho do angolano

Conforme o X. já havia anunciado por aqui, o angolano Rico, vencedor do Big Brother África, fez ponta no Big Brother Brasil 9. Passagem rápida (ele já deixou a casa), mas marcante.
Rico chegou botando os concorrentes brasileiros para dançar kuduro e tarrachinha e impressionando as meninas da casa com a quantidade de mulheres que diz ter conquistado no BB África. Mas o ponto alto foi mesmo quando resolveu tomar banho. Totalmente pelado.
Os caretíssimos concorrentes brasileiros, que se acham os descolados mas na hora da verdade passam três meses tomando banho de cueca, fizeram fila para ver Rico pelado no chuveiro. As meninas, alegarando recato vejam só vocês, e não foram olhar.
A única que, por acidente, viu o angolano pelado se impressionou. Saiu fazendo propaganda para as outras: "Não é fraco não, o menino."

5 comentários:

AM disse...

Pois é! Os brasucas que se dizem descolados e isento de pudores ajoelharam para a falta desses adjetivos que Ricco levou ao BBB. Não assito o programa, mas nos blogs brasileiros que acompanho, só se fala disso!
De fato Ricco levou a espontaneidade angolana à telinha da Rede Globo e mostrou pra que foi até lá. Parabéns ao puto e a Rede Globo, que de boba, nada tem!

Carol by Carol disse...

Nossa ainda bem que num vi essa cena ahuahuahaha

Jussara disse...

Nós brasileiros somos um povo cheio de tabus e pudores. Não assisto ao BBB mas tenho muitos amigos angolanos e são pessoas muito verdadeiras e extremamente carinhosas. Espero que o Ricco tenha deixado esta imagem no reality show.

Bjs!

X disse...

Pois já eu acho que orientaram o Rico muito mal. No Brasil, apesar da permissividade toda, nunca as mulheres sertir-se-ão a vontade para fazer topless ou os homens de andar de sunga nos ônibus urbanos (exceto no Rio de Janeiro despudorado).
Em Luanda eu nunca vi um angolano sem camisa - aliás, um amigo brazuka me disse que quase apanha na rua ao fazer isso.
E pq o Rico veio tirar a roupa logo no primeiro dia de programa? Pq alguem aconselhou. Foi péssimo para a imagem dele e de Angola, no meu entender.
O brasileiro adora uma sacanagem, mas só nos quatro dias de carnaval, que fique bem claro

gugaqueiroz disse...

Condordo com o que o X disse. No Brasil a putaria rola solta mas só no carnaval.


www.coletivourbano.blogspot.com