quinta-feira, 27 de novembro de 2008

O Elinga é Fixe

Amigos reclamam muito da falta de opções culturais nos finais de semana em Luanda. Dizem que as salas de cinema do Bellas Shopping ficam muito longe, que já conhecem todos os restaurantes da Ilha, que as filas das discotecas daquele sítio são demoradas, etc., etc., etc. No final das contas, muitos ficam em casa e não fazem nada.

Pois há uma alternativa excelente para quem gosta de ouvir jazz, beat & house, soul, e afro music, além de dançar, evitar trânsito, encontrar pessoas interessantes e ver a noite passar na companhia de gente interessante. Trata-se do Elinga Teatro, um prédio histórico na Baixa, por trás do BPC, que deve ser demolido em breve (há, inclusive, uma lei determinando isso, mas a decisão vai sendo adiada, adiada...quem viu o mercado Kinaxaxi cair sabe como é triste tal cena)

Enquanto não vem abaixo, um grupo de amigos, cuja alcunha é Movimento X (não, eu não faço parte do grupo), faz do edifício uma peça de resistência cultural interessantíssima, especialmente nos finais de semana, e por lá exibem artes plásticas, encenam peças de teatro e, como ninguém é de ferro, põem um som ótimo nas pick-ups. Um artista plástico também pinta o corpo dos frequentadores mais afoitinhos, ali, ao vivo.

A entrada é franca, há muito espaço para estacionar o carro e visitar o prédio, por si só, já vale a pena o passeio. Compram-se fichas antecipadas no balcão e pode-se consumir a cervejinha (Kz 400, muito caro!) na varanda, como quem não quer nada, olhando as estrelas do céu de África… Na imagem abaixo, você pode ver o que está “em cabeça de cartaz” (outra expressão que eu adoro) no Elinga Teatro até domingo.

9 comentários:

Anônimo disse...

Acho que vais gostar de ver esta peça filmada em Angola - "Chinatown, Africa", que estreou ontem no canal Americano Current TV.

http://current.com/items/89565630/chinatown_africa.htm

Sal Ober disse...

vai uma cervejinha??
aqui faz frio. mas bebia uma agora... houvesse forma de ir e voltar em 15 minutos...
saudações


http:\\coresemtonsdecinza.blogspot.com

m.Jo. disse...

X, adorei a informação. Já estou com vontade de aparecer por lá. Se você descobrir outros lugares interessantes, conte. Compartilhe com os expatriados que correspondem ao perfil descrito (eu) e que já foram barrados no chá de caxinde por excesso de contingente.

Anônimo disse...

Pior do q ser barrado no xá de caxinde por casa lotada é ser barrado no Chill por estar desacompanhado de mulher.... q babaquice é essa, meu Deus??!! Tudo isso pra q?? Pra ver um bando de expatriados e ficar num mundinho só branco e (poucos) pretos ricos? Sou muito mais o Elinga e o Palo's.....

Anônimo disse...

Elinga é tudo de bom! Opção inteligente, som de primeira, artes visuais e pessoas mais que interessantes. Um lugar altenartivo na tão estrangeira e seletiva Luanda.
Cervejinha a Kz 400,00? OK! Caro! Mas não paga-se entrada, não há trânsito e não precisa estar acompanhado para entrar. É chegar e divertir-se. Aprovadíssimo!

Menina de Angola disse...

X, como faz para chegar lá? Você é a terceira pessoa que me fala desse lugar. Tô super curiosa para conhecer. Fiquei sabendo que em dezembro vai ter um show de reggae por lá. Posíamos marcar aquele famoso encontro de blogeuiros por lá, hem!!!

beijos

Anônimo disse...

Menina de Angola
É bwé fácil: desça aquela avenida principal de sai do largo Serpa Pinto e e vai dar na Marginal. Quando avistar o predio do BPC, uma "quadra" antes da praia, vire a esquerda. Aí está o Elinga. Caso não encontre, todos os vigias por ali informam. Seria ótimo o encontro lá no fina do ano.
X

Menina de Angola disse...

humm, o largo Serpa Pinto eu não sei qual é, aliás não sei nada por nome aqui a não ser a Av, de Portugal,rs. Mas o BPC eu conheço. Estou tentando convencer uma amigo a ir comigo na sexta, se vcs se animarem a ir também me avisem.

bj

m.Jo. disse...

Também quero. Tem boléia prá mais uma?