segunda-feira, 17 de março de 2008

Nem só de defeitos...

Do jeito que o blog vai, parece que Luanda só tem defeitos irreparáveis. Não é verdade. Já nos beneficiamos de pelo menos uma grande qualidade: a solidariedade das mulheres luandenses.

No sábado, quando precisamos pedir informações no transporte para chegar a um bairro distante, duas delas foram além das explicações. Nos levaram até a porta do local que procurávamos, desviando inclusive de seus caminhos. Apenas por simpatia, sem pedir nenhuma recompensa. Quantos de nós faríamos o mesmo por dois estranhos?

4 comentários:

Prof. Ramalho disse...

Isso é que dá esperança. Apesar dos políticos, as angolanas têm espírito de solidariedade, tão necessário para o desenvolvimento da sociedade.

Nancy Casagrande disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
kianda disse...

Descobri ontem este blog e tou adorando. Sou angolana a viver fora do meu País mas conhecendo bem a realidade. Não posso deixar de comentar para dizer que há uns anos atrás subi o Cristo Rei no Rio de Janeiro, com uma amiga, pela trilha, entrando pelo Jardim Botânico. Começamos errado e encontramos um sr. que nos guiou na primeira hora de caminho, só porque amava aquela floresta ... não quis receber nenhuma recompensa...gente boa tem em todo o mundo, o mal tá no preconceito à partida. Beijo e Continuem.

F. disse...

Prof. Ramalho e Nancy: a mulher africana é a essência deste continente.
Olá Kianda, bom tê-la por aqui. Volte sempre e comente, se possível. Vai enriquecer muito o nosso blog com sua visão de angolana.