terça-feira, 6 de maio de 2008

Teorias da Conspiração

No início eu achei exagero, quando li neste blog angolano, a suposta existência de um plano secreto para desestabilizar a Unita. Segundo o sítio, claramente contra o MPLA, o governo de angola teria tramado uma série de ações contra os líderes oposicionistas. Para mim era só mais discurso político, que se inflama conforme se aproximam as eleições parlamentares de setembro.

Mas aí hoje deparo-me na rua com uma manchete no Jornal de Angola, o principal do país: "Paiol de morteiros descoberto no Bié". Em letras garrafais no alto da página.

Para os meus critérios jornalísticos, a descoberta de um paiol num país que passou 27 anos em guerra civil já não seria, em si, manchete de capa. Ainda mais se o jornal nem tinha equipe na Província do Bié e a notícia foi tirada da Rádio Nacional. Lá dentro, é praticamente uma nota escondida em duas colunas, num canto. Nem o alto da página 3 mereceu.

Serviu, no entanto, para dizer na capa que a Polícia Nacional acredita se tratar de um antigo paiol das forças militares da Unita. Exatamente como o sítio citado acima previu que aconteceria... Simples coincidência?
Essa briga ainda vai esquentar muito.

7 comentários:

M. disse...

Poxa, fazia tempo que eu não passava por aqui. Hoje fui atualizar o meu blog moribundo, e resolvi por a leitura em dia.
Saudade de vcs. beijo.

fernando baião disse...

Para ficar claro eu sou do MPLA. Mas a campanha tem destas coisas, cada um tira da cartola as suas munições, esta já tem barbas, e vem na sequência dos discursos musculados do nosso Ministro da Defesa e do Trainer político Bento Bento na altura do dia da Paz, discursos que em prol da Paz, não tiveram nada.Os editoriais do Jornal de Angola, na sua maioria são tendenciosos, deixei de ler. O MPLA, acho que não precisa disso, para ganhar as eleições, mas que havemos de fazer, há mais papistas que o Papa.Ás vezes, tal propaganda acaba por ser contraproducente.

F. disse...

Fernando, gostei muito da sua manifestação. A política é muito melhor quando feita assim, às claras, sem subterfúgios. Isso é a democracia. Concordo com você que esse tipo de comportamento do JA joga mais contra do que a favor do MPLA - que, aliás, não precisa mesmo dessas bobagens.

fernando baião disse...

Temos agora o comentário de Bob Geldof, numa conferência em Lisboa, disse que Angola era gerida por "criminosos", que as casas eram mais caras que em Londres, dos bairros mais luxuosos. O nosso embaixador abandonou a sala.Tá a dar muita polémica aqui em Lisboa.Penso que o termo criminoso, um bocado forte, tem a ver com o "crime" social, um povo miserável dum país rico, quanto às casas não deixa de ter razão.

Anônimo disse...

Parece que o interesse da midia é o mesmo em todo lugar.
chr

Anônimo disse...

...e o embaixador de Angola não abandonou a sala, simplesmente porque nem sequer esteve lá.
A "Lusa" já apresentou desculpas pelo lapso.

Mário

F. disse...

O Mário tem razão. O Fernando postou essa informação logo no dia em que estava acontecendo e ainda não se sabia do desmentido...