domingo, 21 de setembro de 2008

agora, em Angola....

(antes do assalto...)

Praia da Samba, Luanda.


Estrada do Catete, Viana, Luanda

Salão de beleza

Mulheres arrumam cabelo em quintal coletivo no bairro do Prenda, periferia de Luanda.


Militantes do MPLA concentrados no Largo da Independência na véspera das eleições legislativas do último dia 6. O partido venceu com mais de 81%

5 comentários:

Té la mà Maria - Reus disse...

very good blog, congratulations
regard from Reus Catalonia
thank you

Flávia da Costa disse...

Greg,

Por favor tenha força! precisamos da sua arte e amamos a forma como você demonstra Angola. Agora é pensar na instituição que possa contratar os seus serviços ou comprar material novo para você. Procure, não desanime!

kianda disse...

Belas fotos Greg, sinto muito pelo material roubado e espero que rapidamente seja reposto - e mais cuidado na rua - para que possa continuar a tirar tão belas fotos da minha gente!!!

Anônimo disse...

anda por aí outra vez um onda de assaltos, que é uma coisa impressionante.
No outro dia, uma amiga minha, angolana,tb foi assaltada à mão armada perto do aeroporto. Eram por volta das 18h30, ia levar a colega dela (hospedeira)que ia embarcar em serviço, e perto da ponte já a chegar ao aeroporto, com o trânsito parado, vem uma mota com dois fulanos, param, um sai da mota, bate no vidro do carro com a arma e manda abrir o vidro. A minha amiga, claro, abriu o vidro, já em pânico...o fulano pediu as carteiras e tanto uma como outra entregaram as carteiras.O tipo, nas calmas, com toda a gente a olhar (ninguém reage) vai-se embora, sobe na mota e desaparecem no trânsito. Prejuízo dela:todos os documentos da viatura e pessoais, chaves de casa, telemovel, dinheiro, etc.
Prejuízo da colega: tudo isso, mais passaportes, dinheiro alheio que levava para Lisboa, etc.
Tudo isso deixa os angolanos de bem, muito tristes, e ainda mais quando as vitimas são estrangeiros, que estão aqui a colaborar, a trabalhar connosco, e depois, sujeitos a este tipo de situações!
E mesmo que se diga por aí, que o objectivo desses drogados é apenas roubar e que muitas vezes as tais armas nem balas têm, nunca se deve facilitar e é entregar o que eles querem, que por norma é dinheiro.
Quando abrem as carteiras e mochilas roubadas e em vez do dinheiro encontram equipamento, logo no dia seguinte tentam vender nos mercados por uma ninharia...
E a polícia, pelos vistos, está a dormir...
Coragem e não desanimem! Enquanto esta onda durar, tentem andar sem coisas de muito valor na rua...

Migas disse...

Tal como já referiram, não desistas Greg! O teu trabalho vale a pena ser divulgado!

Abraço